domingo, 3 de abril de 2011

A luta continua ... Ai entra o Sarah.

Já instalada em casa, chegou o momento de conhecer os profissionais que me acompanhariam nesta luta. Eu queria mesmo era conhecer a físio ... Ana Cristina ... estamos juntas até hoje ... ela tem um histórico de reabilitar pessoas e isso me deixou muito feliz!
Ela logo me avisou que o caminho é lento, mas que não deveria perder a esperança e trabalhar duro para alcançar qualquer resultado. É com muita dor e lágrima que estamos construindo nossa amizade ... Devo agradecer ao Dr Pablo, fisio do Copa D'or, que além de me indica-la foi o primeiro a me colocar sentada na cama ... ela (a loirinha) por sua vez fez a mesma coisa.






Ainda no hospital ouvi alguma coisa sobre a rede Sarah, os médicos falavam que eu teria grande chance de ser aceita no programa e coisa e tal ...  minha mãe 2, Ana Trajano, pesquisou tudo e nos deu o caminho das pedras, ou melhor da esperança.
Em uma manhã de abril, minha mãe 1, Eunice ou Lia, começou a ligar para o Sarah e finalmente as 12 h ela conseguiu contato ... ficou mais de uma hora ao telefone, passando tudo, lendo laudos, remédios e mil coisas. Pediram para aguardarmos um contato telefônico ... perguntei pra minha físio se isso iria demorar, ela me disse que alguns pacientes aguardam até um ano por esse contato ... fiquei triste mas ... não parava de lutar.
No dia seguinte estava com a enfermeira, a Edevanir (a da foto) e uma visita muito especial, quando o telefone tocou ...




3 comentários:

  1. Parabéns pela iniciativa.
    Tenho certeza que você vai ajudar muitas pessoas.
    Anderson Vieira

    ResponderExcluir
  2. OI DE CABELOS ALOIRADOS, NOS CONHECEMOS NO SARAH SIM ,ALIÁS ADOREI CONHECER VC ,POIS VC É CHEIA DE VIDA ,VOU SEGUIR TEU BLOG POIS EU JÁ QUERIA ISSO MESMO...BJOKAS...

    ResponderExcluir
  3. Que lindo isso aqui Flavíchía!!! Agora vou te acompanhar passo a passo c ctza!! Divulgue isso pra galera, irá ajudar a muitos!!!! Saudades... Bjókões!!! Ale.

    ResponderExcluir